Menu

Qual o Momento Certo para a Substituição do Lubrificante?

26 de julho de 2011 - Curiosidades, Manutenção
Qual o Momento Certo para a Substituição do Lubrificante?

O Motorista e seu Automóvel

Normalmente, o motorista quase nunca se recorda de itens de segurança estritamente importantes para a “saúde” do automóvel, lembrando-se muitas vezes, apenas quando está se preparando para uma viagem um pouco mais longa. Um destes itens pouco lembrado e de importância máxima no motor de um carro, é o óleo lubrificante, sendo sua função, a mais importante possível: manter limpo o motor, evitando que impurezas que não pararam no filtro de combustível não se depositem no motor.

Qual o Momento Certo para a Substituição do Lubrificante?

Qual o Momento Certo para a Substituição do Lubrificante?

Portanto, embora tenha a denominação de “lubrificante”, evitar o contato das superfícies metálicas não é a única atividade desenvolvida por ele, posto que pode também refrigerar as partes do motor, na qual não se pode ter o líquido de arrefecimento, assim como limpar o motor, como já dito acima.

Normalmente, quando se vai abastecer, alguns motoristas mais prudentes pedem ao frentista que verifique o nível do óleo, no entanto, com o motor quente, tal aferição é muitas vezes pouco confiável, pois o óleo está circulando entre todas as partes do motor e a pessoa que está conferindo pode transmitir um resultado errado.

Algumas Dicas

Carro

Carro

O ideal é aguardar alguns poucos minutos, para que se verifique com uma confiabilidade maior a real situação do óleo lubrificante do veículo, e, constatando que o nível está abaixo do normal, completar se ainda o existente estiver em boas condições, porém, com o mesmo tipo de óleo e de preferência da mesma marca daquele que se encontra no veículo.

Quando o óleo estiver muito escuro, com a aparência de sujo, realmente além da falta de viscosidade, são sinais claros de que necessita ser substituído, e para ser trocado, o ideal é que o veículo esteja com o motor quente, pois desta forma, o óleo fica mais fino e escorre com maior facilidade, diminuindo o tempo gasto na retirada do óleo velho.

Para saber qual o óleo mais recomendado para o seu veículo, o ideal é consultar o manual do proprietário e verificar quais os níveis de viscosidade e desempenho aconselháveis e caso não tiver o manual, uma boa alternativa é dirigir-se aos postos de combustíveis e consultar tabelas de orientação sobre óleos lubrificantes.

Hoje em dia, Existem Três Yipos de Óleos Disponíveis:

Óleo

Óleo

Óleo mineral
Óleo semi sintético
Óleo sintético
Portanto, identifique o mais aconselhável ao seu veículo e passe a fazer as substituições do mesmo, de acordo com as orientações do manual do veículo e no período de tempo estipulado.

Atualmente, os bons óleos lubrificantes pela excelente qualidade, têm aumentado consideravelmente o intervalo entre as trocas. Porém, se por acaso o veículo em questão não estiver com a mecânica muito boa, pode ocorrer antecipação na troca do óleo e um mecânico pode passar informações precisas sobre a qualidade do produto, e se for necessário, a sua troca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *